O que é independência para mim?

7 de set de 2014
Fonte: Tumblr
Hoje, para os esquecidos rsrs, é dia 7 de setembro, ou seja, dia da Independência do Brasil. Então o pessoal do Rotaroots aproveitou o tema para falar sobre o que é ser independente baseado em experiências pessoais. Eu sou muito jovem para ter uma clara noção de independência, mas vou tentar falar sobre o pouco que sei sobre o assunto.

Todos sabem que existem diversos tipos de independência como: financeira, pessoal, das mulheres etc. Mas a grande questão é que para cada pessoa a independência tem um significado diferente. Para mim, ser independente é poder ter liberdade para fazer as coisas que almejamos fazer, seguir as nossas paixões, nossos sonhos, nosso projeto de vida. Ser independente é não ter medo de enfrentar o novo, não ter medo de desafios e nem da opinião dos outros. É ser responsável por nossos atos, assumindo nossos erros e tendo maturidade para corrigi-los. É saber resolver os problemas sem nos sentir vítimas das circunstâncias, sem depender dos outros, sem rebeldias, sem revoltas. É saber lutar as batalhas do dia-a-dia com as armas que temos à mão: nossa inteligência e nosso coração. E o mais importante: ser independente é ter a humildade de saber que todo dia é dia de aprender algo novo que nos leve em direção aos nossos sonhos e objetivos.

Para os adolescentes conquistarem a independência, eu acho que é necessário conquistar a confiança dos pais, mostrando responsabilidade em seus atos e se mostrando merecedor. É um processo lento, pois o tempo faz bem pra gente. Ele faz a gente amadurecer. E quando você amadurecer e conquistar sua independência vai se sentir a pessoa mais livre do mundo, mas é preciso estar consciente que junto vem as responsabilidades.
Quantos anos a gente leva para se tornar independente? Alguns atravessam a vida sem realizar esta que, para mim, é a conquista mais importante do ser humano. Não importa a idade da pessoa, se é casado ou solteiro, empregado ou patrão: falo da independência de quem se sustenta por dentro, uma independência de atitude. (…) Você tem que estar preparado para morar sozinho se assim a vida lhe exigir. Tem que estar preparado para compartilhar o teto com outra pessoa sem cobrar dela adesão total às suas ideias e nem impor as suas. Tem que estar preparado para viver longe de seus pais, seja porque eles foram para outra cidade, seja porque você foi, seja porque todos se foram. Tem que estar preparado para amar sem ser amado, para ser despedido injustamente, para perder um amigo querido, para ver seus ideais sumirem com o tempo. Claro que você vai sofrer. Ser independente não é ser de ferro. É saber sair das situações com uma força inesperada. Independência é aceitar a si mesmo antes da aprovação alheia. É defender a própria verdade e ter humildade para mudar de opinião caso seja surpreendido por melhores argumentos. Ser independente é preferir ir ao cinema com alguém, mas não perder o filme por falta de companhia. É vibrar quando lhe abrem um champanhe, mas não deixar de comemorar sozinho se a sua alegria basta para o brinde. Ser independente é fazer tudo o que se gosta junto de quem mais se gosta, incluindo a si mesmo.
Martha Medeiros
E aí? Você está preparado para morar sozinho(a), trabalhar, pagar as contar, cuidar da casa e fazer tudo isso por conta própria? É algo que precisa ser devidamente pensado, pois não é fácil sair da casa dos pais onde você só colocava a roupa no cesto e ela aparecia passadinha, limpa e cheirosa sobre sua cama, comida fresquinha na mesa, quarto sempre arrumado...
Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros que tenta resgatar a época de ouro dos blogs pessoais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Se quiser participar do nosso grupo no facebook, clique aqui e também inscreva-se no Rotation.
4 comentários:
  1. Amei sua visão de independência!
    Beijos
    http://www.gotinhasdeesperanca.com/2014/09/o-que-e-independencia-para-mim.html

    ResponderExcluir
  2. Apaixonada por aqui carlaaaaaaaaa<3 tu escreves muito bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii tatiani, pode se apaixonar auhsuasua
      Obrigada!

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo