Refletindo sobre ansiedade...

4 de set de 2014
Oi pessoal, bem, o post de hoje é um pouco mais reflexivo e o que me inspirou a escrevê-lo foi uma quote de Augusto Cury que eu vi no tumblr e um post no blog da Mel (Serendipity). No post o Guilherme comenta um pouco sobre sua ansiedade e apresenta um vídeo muito legal contando como ele controla esse problema e ainda nos dá 6 conselhos, como: aprenda com o passado, mas não fique preso a ele. O vídeo é muito legal mesmo e ele indica livros que o ajudaram a controlar ansiedade.
Você faz faxina em seu escritório, em sua bolsa, em sua casa, mas não faz uma faxina em tudo o que perturba a sua alma. Você não desliga a sua mente, não gerencia seus pensamentos e vive fazendo velório antes de morto. O que significa isso? Significa sofrer por antecipação, viver problemas que ainda não ocorreram e que talvez nem ocorram.
Augusto Cury
Acredito eu que todo mundo já passou por isso. Quem nunca sentiu aquele nó na garganta um pouco antes de falar em público? Ou antes de tomar uma decisão difícil? E frio na barriga ao encontrar uma pessoa que é muito especial? Ou antes de prestar um vestibular? São inúmeros os momentos na vida em que é comum ficarmos ansiosos. Mas, para algumas pessoas, esse problema se torna mais intenso e frequente e é preciso aprender a controlar.

A ansiedade
A ansiedade é uma preocupação excessiva com o futuro, com coisas que ainda não aconteceram e talvez nem venham a acontecer, mas mesmo assim ficamos matutando a ideia, e se ficarmos os próximos minutos fazendo nada a não ser se preocupar, acabamos mais ansiosos, e criamos um ciclo vicioso. Porém, se em vez disso gastarmos os próximos cinco minutos superando um problema relativamente pequeno, nos sentiremos muito bem e com uma nova atitude mental para a vida.

Dicas para lidar com a ansiedade
Use a ansiedade ao seu favor. Eu acho que esse é o ponto principal, torná-la sua aliada. Antes de ganhar status de inimiga, a ansiedade é um sistema de proteção que prepara o corpo para enfrentar desafios.

Não se preocupe com problemas pequenos. É muito importante que você pare um minuto e pense se realmente é necessário se preocupar com certas coisas. Eu sempre me preocupo sem necessidade causando um stress desnecessário com problemas que tem solução e até já tenham sido resolvidos. Então, avalie e veja se vale a pena, reflita.

Preocupe-se com o presente. Temos que nos preocupar com o que está ao nosso alcance, ou seja, o presente. Temos que parar com a necessidade de querer ter controle sobre tudo, não podemos ter controle sob o amanhã, mas podemos ter controle sobre o hoje.

Aprenda com o passado, mas não fique preso a ele. Esse conselho foi dado pelo Guilherme no vídeo e achei muito importante. Muitas vezes ficamos pensando nas coisas que deram errado, no que queríamos ter feito e não fizemos e isso não ajuda. É importante tirar lições de nossos erros para não repeti-los.

Encare os problemas como desafios. Todos os problemas que nos aparecem diariamente foram feitos para serem superados e deixados para trás. Trata-se de vencer desafios e superar limites. Essas duas palavras simples na teoria carregam consigo um significado complexo demais e no geral, envolve olhar para trás e ver o quanto você cresceu e alimentar essa vontade de evoluir mais e mais.

E para complementar o post eu indico um livro do Augusto Cury (Manual dos Jovens Estressados), e prometo postar uma resenha e colocar o link nesse mesmo post. Então, gente é isso, espero que tenham gostado do post e que tenha sido muito útil para vocês. Beijos
6 comentários:
  1. Dizem que a ansiedade é o mal do século, né? Todo mundo tem, em vários níveis. Gostei muito do post e das dicas de como usar esse "mal" a nosso favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente dizem isso. Obrigada viu bjs que bom que gostou do post!

      Excluir
  2. Oi Carla, entrei no teu Blog e achei super legal, então marquei você para participar de uma tag na qual fui nomeada. Se você gostar e quiser participar entre no meu blog e veja as regras!! http://depernas-proar.blogspot.com.br/2014/09/l-iebster-award-oi-gente-alguns-dias.html
    Beijinhos =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ♡ Vou dar uma olhada bjs

      Excluir

  3. Oi, Carla! Esse seu post veio em boa hora, sabia? Acho que sofro de todos os sintomas da ansiedade – mesmo reconhecendo que eles não levam a lugar algum, não consigo evitar, estou sempre remoendo algum erro do passado, me preocupando demais com tudo, e sofrendo por antecipação. Isso não é uma coisa legal, porque a gente se estressa com coisas desnecessárias. Eu adorei seu post, e fiquei interessada no livro e quero ler sua resenha dele (qualquer leitura que me ajude a melhorar e que seja indicada como boa, estou dentro!)
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Gabi, eu também me sinto assim, mesmo sabendo que é algo ruim, mas é difícil controlar, é quase inevitável, mas estou tentando :)
      Fico feliz que gostou e ainda essa semana posto a resenha<3
      Beijos

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo