Abraçando patinhas, adoção consciente e guarda responsável

9 de out de 2014
Pessoal, este mês o post especial da blogagem coletiva do Rotaroots é puro amor O mês de outubro foi eleito como o mês da proteção animal e foi montado o projeto "Abraçando Patinhas", que tem como objetivo promover a conscientização da adoção de animais e, principalmente, a guarda responsável (ou prezar pelo bem estar do seu bichinho).

Bem, eu, infelizmente, só tive um cachorrinho durante a infância :( Seu nome era Stitch e eu tinha uns 7 anos, era apaixonada por ele, mas como toda criança eu não tinha maturidade suficiente para cuidar de um animal de estimação com responsabilidade, então depois de alguns anos, minha mãe o colocou para adoção, atualmente, ele está com uma amiga dela e muito feliz, o que me consolou foi o fato de eles o tratarem muito bem. Mas ainda choro sempre que penso nele, e realmente sinto falta de um animal de estimação...

Guarda responsável
Eu toquei nesse ponto das crianças, pois está ligado à guarda responsável, pois muitos pais dão de presente para seus filhos animais, como se fossem brinquedos. É preciso ter em mente que a partir do momento que você adota um animalzinho, ou até mesmo compra um, você passa a ser o responsável por ele, pelos cuidados veterinários que há de precisar, pela alimentação, pela sua segurança e bem estar. Você se torna responsável por uma vida. O problema é que muitas pessoas, só na hora do “aperto” ou na primeira dificuldade percebem que não queriam e nem estavam preparadas para assumir esse compromisso. Um compromisso que pode durar 10, 12, 15 anos. Por isso, antes de assumir essa responsabilidade é necessário analisar diversos fatores: verificar se há recursos necessários para mantê-lo e quem cuidará dele nas férias ou em feriados prolongados; informar-se sobre as características e necessidades da espécie escolhida – tamanho, peculiaridades, espaço físico, entre outros.

Adoção consciente
Se você tiver todas as condições necessárias e maturidade para se responsabilizar por outra vida: adote! Dê preferência à adoção, sempre! São milhares cãezinhos e gatinhos à procura de um lar, tem de todos os tipos, personalidades, tamanhos e cores. É só escolher! Certamente, você encontrará o bichinho que você tanto quer! Se entendermos que animais não são mercadorias, mas seres capazes de sentimento, que têm necessidades de amar e de serem amados, concordaremos que não há sentido em se comprar animais. Nós não compramos um amigo humano, porque deveríamos comprar um animal?

Adotar um animal é valorizar a vida. É recuperar uma vida literalmente jogada fora e ajudar a reduzir o número de cães e gatos abandonados. Geralmente os animais de rua ou de abrigos já passaram por muito sofrimento e tudo o que eles precisam é de um bom lar para serem felizes de verdade. E não há recompensa maior do que vê-los se transformarem naquela coisinha alegre e saudável depois de receberem uma boa dose de cuidados e carinho. Reflita: "Se você pode mudar o destino de um animal carente, por que você não faria isso?"

Mas, e quem não pode adotar?
Se você não pode adotar ainda, relaxe! Há outras formas de ajudar esses animais. É aí que entra o nosso projeto de abraçar patinhas
Em parceria com a Max da Total Alimentos, doaremos UMA TONELADA de ração para a ABEAC ONG, uma ONG de proteção animal aqui de SP responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães e que sobrevive de doações. E podemos aumentar essa quantidade de ração fazendo doações para a ABEAC a partir de R$6 (o que são seis reais?). A cada doação feita, a Max acrescenta mais 50% em cima. Exemplo: se você doa 10kg, a Max inclui mais 5kg e a ABEAC receberá 15kg no total.

Para doar clique aqui
.
Esta blogagem coletiva faz parte do projeto Abraçando Patinhas, uma iniciativa do Rotaroots em parceria com a marca de ração Max – da fabricante Total Alimentos. Esta iniciativa reverterá na doação de 1 tonelada de ração para a ABEAC, ONG responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães. Saiba mais sobre o projeto no site do Abraçando Patinhas ou participando do grupo do Rotaroots no Facebook.
2 comentários:
  1. Que postagem perfeita. Eu tenho duas cachorrinhas lindas,uma faz mais de 5 anos e a outra vai fazer quatro meses .A mais nova estava sem mãe e sem casa e o pessoal perto de casa estava tentando doar,aí minha mãe pegou.
    O projeto é muito bom *-*
    Adorei
    Beijos <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Eu queria ter cachorros ou outro animal de estimação :(
      O projeto é LINDO!!
      Beijos

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo