As Gêmeas - Saskia Sarginson

14 de jan de 2015

As Gêmeas
Saskia Sarginson
Novo Conceito, 2014
320 páginas
As gêmeas Isolte e Viola eram inseparáveis na infância, mas se tornaram mulheres muito diferentes: Isolte tem um emprego glamouroso em uma revista de moda de Londres, namora um fotógrafo e vive em um bairro descolado. Viola, desesperadamente infeliz, luta contra um transtorno alimentar e não faz questão de se ajustar a nenhum grupo. O que pode ter acontecido para levar as gêmeas a seguirem trajetórias tão desencontradas? À medida que as duas jovens começam a reviver os eventos do último verão em família, terríveis segredos do passado vêm à tona – e ameaçam invadir suas vidas adultas.
Dica: Leia a resenha e o livro escutando Alexi Murdoch - All of My Days
All My Days by Alexi Murdoch on Grooveshark

"As Gêmeas" chamou minha atenção primeiramente pela bela capa, mas também pelo ar de mistério que despertou minha curiosidade, principalmente depois de ler a sinopse do livro. Quando iniciei a leitura do livro, claro que eu tinha grandes expectativas: o que eu não esperava, era embarcar em uma das histórias mais cativantes que já li.

O livro trata da história de duas irmãs gêmeas, Isolte e Viola, que são praticamente inseparáveis e que depois de adultas enfrentam dificuldades em suas vidas devidos a vários acontecimentos do passado que voltam à tona.

As gêmeas foram criadas em meados dos anos 70 em uma comuna hippie e possuíam uma mãe que não ligava para regras. As coisas começam a mudar quando Rose (mãe das gêmeas) decide se mudar para uma cabana na floresta em Suffolk. As garotas passam a viver uma vida cheia de imaginação em uma floresta perto do mar com seus melhores amigos, os gêmeos John e Michael. Elas tiveram uma infância digna de contos de fadas, eram unidas como uma só pessoa, mas não imaginavam que um dia tudo isso teria um fim. Quando uma tragédia assola a vida das garotas, o mundo perfeito delas se desfaz.

Anos depois, já adultas, não poderiam ter seguido caminhos mais divergentes: Isolte trabalha em uma famosa revista de moda em Londres e namora um fotógrafo. Viola, porém, está pior a cada dia. Ela sofre gravemente de um transtorno alimentar, e cada vez mais é consumida por uma culpa secreta. O que aconteceu, anos atrás, para que essa parede entre as duas gêmeas tenha sido criada?

A narrativa
O livro é narrado em primeira pessoa por Viola, e em terceira por Isolte. Os capítulos são alternados entre uma e outra, mostrando as impressões de cada uma das irmãs acerca dos acontecimentos, tanto os passados quanto os presentes. A autora conseguiu mesclar passado e presente perfeitamente, tornando a leitura quase impossível de ser pausada.

Há um grande mistério envolvendo o passado das irmãs. A história, mesmo anos depois da infância das duas, mostra como os fatos ocorridos no passado afetaram a vida das agora adultas, como as gêmeas tiveram diferentes maneiras de lidar com um trauma e como isso irá afetá-las.

Os acontecimentos do passado vão sendo revelado aos poucos o que conseguiu prender minha atenção até a última página da história. Adorei esse modo como só aos poucos vamos descobrindo os mistérios que envolvem a história. A autora vai nos dando peças do quebra cabeça, e aos poucos vamos juntando, até dizer "AHA! Foi por isso que..."
Minhas impressões
O livro possui um ar sonhador, cheio de devaneios, dando aquele ar nostálgico de infância. As irmãs eram, quando crianças, crentes de que viviam em um conto de fadas, e o contraste com o pensamento atual delas é enorme – assim como saudade de ambas do passado. Você consegue se colocar no lugar delas, ver como é difícil sair daquela realidade, Viola por exemplo, se recusa a aceitar que os tempos de felicidade e fantasia se foram, ela custa a encarar a realidade, fazendo com que você sinta, sofra e se divirta com as lembranças dela.
"Quero estar lá de novo entre as árvores, com o sol da manhã quente em minhas costas. Não quero emergir dentro do meu outro corpo, dentro das beiradas duras e das cavidades sugadas de mim mesma. Na floresta é 1972, e temos doze anos." Viola - p. 24
As Gêmeas se trata de uma história de amor, mas também é uma história sobre a dor. Sobre o peso que um grande segredo pode ter, como pode ser difícil viver anos e anos com esse peso. Sobre como alguns laços são eternos, e mesmo que você tente, não pode rompê-los, afinal, eles fazem parte do que você é, o que te torna incapaz de apagá-los. É impossível retornar ao passado para cancelar uma ação. Apesar dos resultados da ação poderem ser mudados, a ação jamais poderá ser apagada de sua história.
"Nenhuma ação pode ser desfeita. Nenhuma palavra dita pode ser desdita. Existe apenas movimentos e mudanças, e a esperança de que o tempo possa levá-la longe o bastante do horror para torná-lo pálido e impreciso."
Além disso, a resolução final do grande mistério do livro é tão tocante, que, ao finalizar a leitura, não consegui segurar as lágrimas. Todos nós carregamos nossas culpas e nosso passado, e essa é uma história sobre como isso pode influenciar de maneira drástica em nossas vidas.

Mas o livro não acaba aí, no final do livros nos é apresentado um Guia de Leitura com diversas perguntas e também perguntas e repostas da autora, o que eu adorei, saber sobre as impressões da autora sobre o livro, o que a inspirou a escrevê-lo, o que ela acha que acontece no final (o final do livro é aberto) e sobre suas futuras obras foi incrível!

O livro é extremamente recomendado, afirmo que essa história irá tocar sua alma, mesmo que um pouco. Não posso esperar para ler mais de Saskia Sarginson.
8 comentários:
  1. Fiquei super curiosa para ler este livro depois dessa resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alcancei minha meta haha! Leia sim, você irá adorar <3 <3
      Beijos

      Excluir
  2. Nossa que post perfeito, você nasceu pra fazer resenhas rs Parabéns pelo trabalho *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada de coração Bê <3 haha
      Fico feliz que gostou da resenha!
      Beijos

      Excluir
  3. Nossa Carlinha, que resenha maravilhosa!
    Fique extremamente curiosa e com muita vontade de ler. O livro parece ser muito a minha cara! Quero saber qual é o segredo :( hahahahaha. E a capa é mesmo linda *-*
    Vou procurar lê-lo, livros emocionante que me tocam são os melhores!
    Beijos!!

    Clara Vasques :: Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Clara!
      Leia sim, tenho certeza que você vai adorar o livro e descobrir o segredo uahsua
      Beijos!!

      Excluir
  4. Adorei a resenha e fiquei com mais vontade de ler,afinal eu sou gêmea e curto muito histórias com gêmeos rsrs.
    Parabéns,ficou perfeito *-*
    Beijos ♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jenny ♥
      Verdade haha acho que você vai adorar a história!
      Obrigada de ♥
      Beijos

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo