Resenha: O Sangue do Olimpo - Rick Riordan

7 de jan de 2015

O Sangue do Olimpo
Série: Os heróis do Olimpo - Livro 5
Rick Riordan
Intrínseca, 2014
420 páginas
No desfecho da série Os Heróis do Olimpo, os tripulantes gregos e romanos do Argo II têm feito progresso em suas constantes missões, mas ainda não estão nem perto de vencer a sanguinária Mãe Terra, Gaia. Os gigantes estão de volta - mais fortes do que nunca -, e os semideuses precisam impedi-los antes da Festa de Spes, momento em que Gaia planeja despertar, derramando o sangue do Olimpo. Para piorar, visões frequentes da terrível batalha no Acampamento Meio-Sangue assombram os sete semideuses. A legião romana do Acampamento Júpiter, comandada por Octavian, está se aproximando das fronteiras do acampamento grego. Por mais que seja tentador usar a Atena Partenos como arma secreta contra os gigantes, eles sabem que a estátua é necessária em Long Island, onde talvez consiga impedir uma guerra entre os acampamentos. A Atena Partenos irá para o oeste, enquanto o Argo II segue para o leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os jovens conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar onde estão. E se Gaia despertar, será o fim.
Aviso: Essa resenha pode conter spoilers, mas pode ficar tranquilo(a) que não é nada que vá atrapalhar sua leitura.


No último livro, os nove semideuses estão na reta final para deter Gaia. Jason, Piper, Percy, Annabeth, Frank, Hazel e Leo estão a bordo do Argo II tentando chegar em Acrópole, parte da cidade de Atenas onde estão os templos mais antigos dos deuses, para enfrentar os monstros e gigantes que foram sido liberados do Tártaro para a cerimônia do despertar de Gaia. E todos sabem que será preciso o sangue de um semideus para completar o ritual.

Do outro lado temos Reyna, Nico e o treinador Hedge que precisam entregar a Atena Partenos ao Acampamento Meio-Sangue, afinal, a estátua grega foi roubada por semideuses romanos há muito tempo, o que só aumentou a rivalidade entre gregos e romanos. O treinador tem motivos pessoais para voltar ao acampamento. Mas como transportar uma estátua de aproximadamente doze metros sem serem vistos? Por esse motivo Nico foi com eles, para que pudessem viajar pelas sombras. Essa viagem só pode ser feita à noite, em saltos não muito longos, e isso acabou sugando muito as energias de Nico.
"Pelos deuses de Roma. Se aquilo era apenas uma parte da dor de Nico... como ele conseguia suportar?" Reyna - p. 47
A paz entre o Acampamento Júpiter e Meio Sangue pôde ser restaurada, fazendo com que os deuses voltassem a normalidade e pudessem, finalmente, unir forças com os semideuses, pois só a união de um semideus com um deus pode derrotar um gigante imortal! Mas, para isso, os gregos e romanos precisarão passar por cima de Octavian.
O QUE MAIS GOSTEI NO LIVRO
Eu adorei o fato de o autor ter dado destaque a personagens que não conhecíamos direito, que sabíamos pouca coisa sobre, como, por exemplo, Nico e Reyna! Nico Di Angelo sempre foi adorado pela sua personalidade misteriosa e silenciosa, mas conquistou completamente os fãs com suas revelações no quarto livro, "A Casa de Hades", o que tornou seus capítulos ainda mais necessários. Reyna, por um outro lado, sempre mostrara ser uma semideusa muito forte, porém existia ainda muita coisa desconhecida sobre ela, principalmente sobre os fantasmas de seu passado. Descobrir tudo isso em seus POV's só fez com que gostássemos ainda mais dela.
"Ela se obrigou a sustentar o olhar do gigante.
— Eu não me defino pelos garotos que podem ou não gostar de mim." Reyna - p. 201
Considerações gerais
Eu enrolei bastante para ler esse livro, afinal ele é o último livro da série e ficou aquele medo de me decepcionar, de dizer adeus para os meus personagens favoritos. Em geral eu gostei bastante da história, mas fiquei decepcionada com algumas coisas. O quinto livro da série dá um destaque maior ao Nico, Reyna e a Piper (o que foi bom para conhecer mais profundamente eles), mas fazendo com que alguns personagens praticamente ficassem de lado :(

Também não gostei do fato de que Percy e Annabeth não narram neste último livro. Senti muita falta do ponto de visão de Percy, era como se faltasse a opinião dele sobre o que estava acontecendo, afinal ele deveria ser o protagonista, mas acabou como um mero coadjuvante. Por outro lado, o livro desenvolve mais a relação entre Jason e Piper, o casal cresce durante toda a história, principalmente nas parte mais importantes.

Porém fiquei feliz que o meu personagem favorito (Leo) participa das narrações com aquele jeito engraçado e cativante que nós amamos (TEAM LEO). Rick se concentrou em nos apresentar novas coisas, Percabeth não é mais o centro das atenções, e temos um contato mais direto com os deuses e seus problemas. Apesar de não ter sido sendo aquele último livro chocante e marcante, com muitas mortes, o autor conseguiu me surpreender com o final dado a alguns personagens. Ele fez o esperado se tornar inesperado, eu fui pega de surpresa!
Conclusão
O Sangue do Olimpo é uma grande aventura recheada de emoções e humor. Infelizmente, com tantos personagens, nem todos tiveram seu merecido destaque, mas tiveram sua importância na história. A grande decepção fica para o final, quando Gaia finalmente acorda. A deusa mãe foi tratada a série toda como poderosa e maligna e o seu fim foi sem emoção, simples e rápido. Eu estava esperando O CONFRONTO FINAL.

Para ler a resenha de outros livros da série, clique aqui.

Recado do tio Rick para seus fãs - p. 5
10 comentários:
  1. Amei a resenha,ainda estou no quarto livro então estou com aquela vontade de ler o cinco logo kkkk mas sei que quando chegar no último não vou querer acabar.
    Rick sempre me surpreende então estou esperando por muita aventura e mudanças. Enfim,assim que ler eu te conto o que achei. Beijos ♥ ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é sempre assim, você quer saber o final, mas não quer que o livro acabe haha :(
      Tah bom, depois me conta o que achou ♥ Beijos

      Excluir
  2. Não sou muito fã dos livros do autor, mas amei a resenha! Ficou muito boa, parabéns. Me deu até vontade de comprar o livro, haha.

    Twee - www.ameliatwee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amélia, espero que compre o livro, você vai gostar!
      Beijos

      Excluir
  3. Muito boa a resenha. Que pena que o desfecho final foi meio mais ou menos. Eu quero ler esta série, mas antes tenho que acabar os do Percy Jackson hehehe
    Boa semana :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Duda (posso te chamar assim? haha) Foi triste mesmo, estando no décimo livro sobre percy jackson acho que deveria ser O final, mas...
      Acaba e depois começa a ler, os outros livros da série são muito bons mesmo!
      Beijos e boa semana :D

      Excluir
  4. Eu adorava a série de Percy Jackson. Até li os dois primeiros livros dessa série mas empaquei no terceiro, sabe? Depois disso não consegui voltar mais :(
    Mas lendo sua resenha deu até vontade de dar uma nova chance a eles. Quem sabe?

    Beijo, Érica
    http://demasiadaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sei como é, mas espero de coração que continue lendo, já que começou termina neh, vai que os outros livros te conquistam!
      Beijos

      Excluir
  5. Esse foi o melhor livro da serie, mas como você mesma disse, o final deixou a desejar mesmo assim... Eu me apaixonei! Sabe meu personagem favorito, sempre foi o Nico Di Angelo (desde Percy Jackson e os olimpianos). Realizei meu sonho quando li as partes destinadas a ele e sua aventura com Reyna!
    Acho eu, que o Riordan deveria escrever um livro que focasse mais nele, contando sobre a ida dele para tártaro...
    Enfim, dei uma de fã maluca, falei demais!

    xx
    www.eternaaprendiz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu discordo um pouco haha para mim o melhor livro foi A Casa de Hades, mas também gostei desse.
      Eu passei a gostar do Nico e da Reyna nesse livro <3 nunca pensei que isso fosse acontecer!
      Também, acho que o Riordan sempre fala que foi difícil que ele passou por muita coisa e tal, mas sabemos tão pouco sobre ele :(
      Imagina, eu também sou assim, falo demais!

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo