Essa Luz Tão Brilhante - Estelle Laure

28 de fev de 2017

Essa Luz Tão Brilhante
Estelle Laure
Editora Arqueiro, 2016
208 páginas

“Em uma prosa muito segura, Estelle Laure confere a Lucille uma obstinação feroz que a estimula e movimenta. Os personagens são bem construídos, e a autora consegue descrever a adrenalina do amor.” – Publishers Weekly. O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. “Essa luz tão brilhante” é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.

Eu confesso que comprei esse livro pela capa linda e acabei lendo uma história super amorzinho que foi excelente para me tirar da ressaca literária! O livro é leve, fluído, rápido de ler e traz uma mensagem inspiradora!

O livro conta a história de Lucille, uma jovem que nunca quis tanto ter 18 anos, e não porque sempre sonhou com sua liberdade, como a maioria dos adolescentes. Ela PRECISA completar 18 anos. Ela precisa impedir que alguém descubra a verdade, a de que foi abandonada pela própria mãe depois que o pai enlouqueceu e resolveu se esconder em alguma clínica desconhecida. A partir daí, Lucille passou a tomar conta de tudo, além de estudar, ela precisa manter a casa em ordem, pagar as contas que não param de chegar, não deixar nada faltar pra irmã e ainda esconder de qualquer adulto o fato de os pais delas não estarem em casa, pois tem medo de que ela seja separada da irmã e mandada para um abrigo. Ela acaba conseguindo um emprego em um famoso restaurante da cidade.

"Explique qual é o objetivo de viver se você não estiver disposta a lutar pelas verdades do seu coração, a correr o risco de se machucar."

Mesmo com essa rotina de ir à escola, cuidar da irmã e trabalhar, ela ainda consegue ser uma adolescente comum em alguns momentos, graças à sua amiga Eden e o irmão gêmeo dela, Digby, que são seus vizinhos e estão sempre ajudando ela como podem. Contudo, as coisas ainda podem piorar pro lado da Lucille, pois ela começa a se apaixonar por Digby, só que ele já é comprometido e tem um grande afeto pela atual namorada. Daqui pra frente a história vai se desenrolando, com páginas repletas momentos tocantes, tristes e felizes, e muito amor.

Minhas Impressões

Eu comprei o livro, pois me apaixonei pela capa quando entrei na livraria Saraiva! E achei a história encantadora, inspiradora que meu deu uma baita energia para encarar meus problemas!

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da Lucille, o que considero algo positivo, pois isso me permitiu acompanhar melhor o desenvolvimento dela durante a narrativa. Ela é uma personagem forte, que diante das circunstâncias teve que amadurecer rápido e isso é visível no decorrer do livro, ela é daquele tipo de personagem que aguenta o tranco, não fica chorando pelos cantos deixando a vida passar, simplesmente não tem como não simpatizar com a situação dela e da irmã, eu estava torcendo para tudo dá certo no final.

Segredos não são nada bons. Acho que todo mundo tem um. Ou tem coisas que não quer revelar sobre si mesmo, por não estar pronto. Algumas coisas continuam especiais por mais tempo quando ficam guardadas com a gente, mas outras apodrecem quando a gente não pode falar.

Adorei também as personagens que dão toda a ajuda necessária à nossa querida protagonista! Digby, é um cara realmente apaixonante, fofo e está sempre apoiando a Lucille; a irmã dele, Eden, também segue essas mesmas características, apesar de eles terem tido algumas atitudes que me deram uma raiva, mas mesmo assim são ótimos amigos e não tem como não gostar deles. Já a Wren, é uma criança extremamente fofa e a interação dela com a irmã é muito boa e carinhosa, dá pra ver porque a Lucille ama tanto ela. E este com certeza é o ponto forte do livro, não é o romance que toma o foco da história e sim a relação das duas irmãs, que é totalmente apaixonante.

O que realmente me decepcionou foi o final do livro... Acho que foi algo muito quebrado, que deu a ideia de que tem algo ainda por vir, e tem mesmo, descobri que esse é o primeiro volume de uma duologia, cujo segundo volume já saiu lá fora, com o título But Then I Came Back. Admito que não gostei muito disso, porque o livro é bem curto e acho que a autora podia fazer um único volume maior ao invés de dois livros, mas enfim... talvez eu leia a sequência porque fiquei curiosa para saber o que vai acontecer.

Então, Essa Luz Tão Brilhante é uma ótima pedida pra quem procura um YA leve pra passar o tempo, é uma história simplória, mas bem tocante, que tem tudo pra ser amado por muitos leitores! O livro te mostra o valor da família, o valor da amizade, do primeiro amor e é lindo ver como todos temos um ponto fraco, é fácil julgar e ficar com raiva dos pais de Lucille, mas até que ponto a gente aguenta viver na mesmice? Até que ponto é necessário encarar a verdade na sua vida e qual o preço para você viver da maneira que deseja?

16 comentários:
  1. Oii! :)
    Estou louca para ler este livro. Só a capa já ganhou o meu coração. <3
    Pela sua resenha parece ser o tipo de história leve e tranquilo. Apesar de também não gostar tanto de finais que deixam um certo mistério para o próximo volume, acho que vale a pena a leitura! :)

    Beijo
    www.dezoitoprimaveras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelly! Espero que leia e também se encante haha
      Beijos

      Excluir
  2. Puts, as vezes parece que fazem de propósito né. Pra quê dividir um livro curto? Mas enfim, parece mesmo um amorzinho de leitura, adorei a dica *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é mariana, pensei o mesmo haha
      Beijos e obrigada

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Nossa que amei o titulo do livro me pareceu bem chamativo. Pensei que a história seguiria a mesma ideia. Pena que são livros divididos. Se é curto porque dividir né? Não sei se leria, vou pesquisar mais um pouco Amei a resenha. beijos

    ResponderExcluir
  4. bem,eu não curto YA, e já tinha ouvido falar desse título mas ele nunca me chamou a atenção... ando correndo de romances leves... prefiro leituras mais densas...
    tbm achei meio desnecessário dividir a trama em duas partes, já que ele é fininho podia finalizar com um volume mesmo...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário <3
      Beijos

      Excluir
  5. Pelo que você disse na resenha, parece que o livro realmente é bom, já anotei na minha agenda, pois fiquei curiosa pra saber.
    Imagino como você deve estar ansiosa pelo fim da história, eu nem li o livro ainda e já tô louca pra conhecer a história da Lucille.
    Beijos!
    http://juniaqueiroz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Também me sentiria atraída pela capa. O livro parece ser muito interessante.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  7. Oie
    eu também li o livro e achei algo bem diferente principalmente pelo histórico das irmãs e tudo mais, foi uma leitura muito interessante e gostosa além de mostrar o quão a protagonista é forte, espero ler a continuação em breve

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Catharina, senti o mesmo que você!
      Beijos

      Excluir
  8. Desde o lançamento desse livro eu me encantei com a capa e com o título. Os dois casaram perfeito e se tornou, fisicamente, um livro muito atraente. Apesar das suas impressões sobre o final, ainda assim não descartaria a possibilidade de adquiri-lo um dia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente haha eu comprei pela capa mesmo e achei um livro bem fofo, vale a pena ler, apesar de seus defeitos.

      Abraços

      Excluir

 
Todos os direitos reservados © - Tecnologia do Blogger Layout e desenvolvimento por Carla Vieira · Ilustração por Laura Melo